Em Gravatá: Prefeitura e Câmara vão fiscalizar obras da Adutora de Amaraji

1720

O prefeito de Gravatá, Joaquim Neto do (PSDB), acompanhado do Chefe do Poder Legislativo, Léo do AR do (mesmo partido), vereadores, secretários e parte da imprensa local, estiveram na manhã desta terça-feira (24), fiscalizando a primeira remessa de tubulação que será utilizada nas obras da adutora que liga o município de Gravatá a Amaraji.

Joaquim foi recebido pelo representante do setor de engenharia da Caixa Econômica Federal, Carlos Rodrigues e pelo engenheiro da Compesa, Bruno Fontes.

O prefeito ao lado dos vereadores, fez questão de enfatizar que não vai admitir que pessoas se utilizarem da água do povo para fazer politicagem ou palanque politico.

Tanto o prefeito quanto os vereadores, se comprometeram em fiscalizar as obras, garantindo que elas sejam executadas com materiais de qualidade para a população.

Atualmente, a capacidade de distribuição de água em Gravatá é de 190 litros por segundo e após a obra será ampliada para 320 litros por segundo, o que irá reduzir o racionamento de água na cidade. O prazo estimado para conclusão das obras é de 18 meses.

Deixe sua opinião!

Assine agora mesmo nosso grupo no WhatsApp e seja o primeiro e saber de tudo!

ASSINAR GRUPO VIP GRÁTIS

- - anuncie aqui - -

Anuncie