Defensor da aliança entre PT e PSB em Pernambuco, o senador Humberto Costa foi vaiado no evento em apoio à pré-candidatura da vereadora do Recife Marília Arraes, na capital, neste domingo (20). As vaias foram durante o discurso do secretário nacional de cultura do PT, Marcos Tavares, que citou uma entrevista do parlamentar em que ele advoga pelo apoio aos socialistas no Estado.

Se o partido decidir pela aliança, Humberto Costa pode ter espaço na chapa majoritária de Paulo Câmara para disputar a reeleição ao Senado. A outra vaga deve ser de Jarbas Vasconcelos (MDB), opositor histórico do PT.

O partido marcou para 10 de junho um congresso para decidir se haverá candidatura própria ou aliança. Trezentos delegados vão votar. Além de Marília, se colocaram como pré-candidatos o deputado estadual Odacy Amorim e o militante petista José de Oliveira.