João Paulo pede afastamento do PT

2881
Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Ventilado como uma possível vice ou candidato ao Senado na chapa do governador Paulo Câmara (PSB), o ex-prefeito do Recife João Paulo pediu afastamento do PT. Em carta entregue ao partido na última terça-feira, o petista, segundo o presidente estadual da sigla, Bruno Ribeiro, alegou motivos de ordem pessoal sem dar maiores detalhes. Mas, nos bastidores, comenta-se que o ex-gestor estaria incomodado com ruídos internos e acusações de que ele articularia aliança com o PSB enquanto parte do partido quer a candidatura própria. O partido está elaborando uma nota sobre o assunto.

O afastamento coincidiu ainda com a condenação do petista no caso da contratação da empresa Fundação de Empreendimentos Científicos em Tecnologia (Finatec). A 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) manteve, na última quarta-feira, a condenação do ex-prefeito do Recife João Paulo (PT) que determina a perda dos direitos políticos, o que tornaria o ex-prefeito inelegível nas eleições de outubro deste ano. De acordo com o TJPE, foi mantida a pena de três anos e seis meses de detenção substituída por duas penas restritivas de direitos a serem designadas pelos Juízo da Vara de Execução de Penas Alternativas, além de multas nos valores de R$ 120.223,46, para o ex-prefeito e Lygia Maria Veras Falcão, cada; e de R$ 71.647,46 para José Hermes de Araújo Filho.

Deixe sua opinião!