Promotor de Justiça abre inquérito para apurar CPI Criada Contra quatro vereadores de oposição de Gravatá

136

O Promotor de Justiça do Ministério Público Dr: Epaminondas Ribeiro Tavares, abriu um inquérito para apurar algumas informações enviadas ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) sobre possíveis Irregularidades na formação de uma Comissão para investigar a conduta de quatro vereadores faltosos da câmara de vereadores de Gravatá.

O Promotor de justiça quer saber se tem cabimento a abertura da CPI ocorrida em 29 de janeiro de 2015 e solicitou que no prazo de 15 dias sejam enviados ao Ministério Público cópia do procedimento correspondente à CPI solicitada pela comissão.



Direto da Redação: Gilvan Silva

Deixe sua Opinião