Rafael Prequé diz está pronto para responder qualquer dúvida, crítica ou acusações

177
FotoGilvan Silva


O vice-prefeito de Gravatá, Rafael Prequé está pronto para responder qualquer dúvida, crítica ou acusações que envolva o nome dele.


Nesta sexta-feira (19), por meio de nota, Rafael respondeu a uma crítica feita pela comissão provisória municipal do PSB que envolvia seu nome por supostamente não ter gostado da indicação do professor Vital Medeiros para chefiar a Ciretran local.

Rafael deixou o partido por não compactuar com o que estava ocorrendo. Na semana seguinte, 
Vital Medeiros substituiu a irmã do vice-prefeito que estava no cargo há 9 anos. Ela foi exonerada do mencionado órgão.

Veja a nota com exclusividade:

I- Não faço nenhuma objeção ao nome do professor Vital Medeiros para chefe da Ciretran local. Tenho por ele muito respeito e reconheço sua capacidade para administrar o órgão.

II- Por outro lado, não se pode dizer que “todos” os cargos que existem em Gravatá de livre provimento por parte do governador foram indicados pela minha família (como disse a nota do PSB).

III- Até porque, até hoje, só existiu o cargo que minha irmã, advogada, ocupou na Ciretran com o aval de Eduardo Campos.

IV- Decorridos 15 dias da intervenção, chegou um recado aos meus ouvidos que se eu não ficasse calado, tirariam minha irmã de lá, porém eu não fiquei.

V- Fui um militante presente do PSB, convidado para ser vice-prefeito, inclusive na presença do professor Vital Medeiros que me acompanhou na reunião no dia em que recebi esse convite.

VI- Depois fui candidato a deputado federal (para ajudar o partido) e obtive 9.090 votos, sendo o majoritário em Gravatá.

VII- No que diz respeito á intervenção, me admira muita gente se omitir por conta do medo do poder de fogo do PSB e do Governo do Estado.

VIII- O que precisa ser esclarecido é uma intervenção por liminar. Ela tem o dedo de quem? Até hoje nenhum dos supostos acusados e empresas envolvidas foi punido ou identificado, lembrando que diversas empresas que motivaram os 14 itens mencionados pelo TCE (para solicitar a intervenção) continuaram trabalhando

IX- A que fazia a coleta do lixo passou quase 60 dias e a que fez a reforma do CAIC continua trabalhando e fazendo pavimentação de ruas.

X- Temos um projeto democrático, de ouvindo a população. Meu estilo é ir para as ruas, fazer política e trabalhar, não temendo os que se acham poderosos e ficam deitado numa rede beneficiando-se de uma prefeitura que antes não tinha. As minhas notas eu assino. Não me escondo atrás de comissão provisória de partido.

XI- Encerrado o assunto!




Direto da Redação: Gilvan Silva
Com Informações do Blog do Inaldo Sampaio

Deixe sua opinião!